« Voltar

Ipasgo alerta para cuidados contra dengue

O número de casos de pessoas com dengue em Goiás aumentou no ano de 2018, o que tem assustado bastante a população. Em 2017, foram confirmados 41,4 mil casos de dengue, e em 2018 já foram confirmados 52 mil, um aumento de 25 % em relação ao último ano. Os números assustam e comprovam que o mosquito Aedes aegypti continua atingindo a população e causando doenças e mortes.

 

Murilo do Carmo, coordenador-geral de Ações Estratégicas de Dengue da SES-GO, disse que houve um aumento do vírus tipo 2 "Este tipo de vírus está predominando em todo o território goiano desde o ano passado", afirma ele.

 

Existem vários tipos de dengue causadas pelo mesmo vírus. Os sintomas são praticamente os mesmos e o tratamento também. Mas, a medida que a pessoa adquire a doença mais de uma vez, os sintomas vão ficando cada vez mais intensos. Por isso a prevenção é sempre o melhor caminho.

 

A melhor forma de prevenir o mosquito é eliminar os criadouros dele: jogar objetos que possam acumular água no lixo, fechando bem os sacos; limpar bem as calhas para evitar acumulo de água; não deixar águas acumuladas em calhas; guardar garrafas de boca para baixo; guardar pneus em local abrigados da chuva; manter tampados recipientes com água; manter caixa d'água fechadas; e não utilizar pratos em plantas nem com areia.

 

Se mesmo com todos esses cuidados você perceber algum sintoma: febre alta, dor de cabeça e no fundo dos olhos, enjoos e vômitos, mal-estar e cansaço extremo, dor abdominal e em todo corpo e pintinhas vermelhas na pele, você deve procurar logo uma unidade de saúde. O diagnóstico precoce facilita o tratamento e evita que a doença agrave.

 

Dengue é sério e se não for identificada e tratada como dever ser, pode levar a morte. Por isso, se cada um fizer a sua parte e ser um agente fiscalizador do mosquito ajudará muito a saúde da sua família e toda população.

 

 

Ipasgo contra a dengueO Ipasgo também desenvolve ações para evitar a proliferação do mosquito como: acondicionamento correto do lixo, cuidado com os jardins, limpeza das calhas e lixeiras para evitar criadouros, além disso o Instituto tem também uma síndica dengueira, que vistoria semanalmente o prédio do Instituto.


 



Av. 1ª Radial, nº 586, Setor Pedro Ludovico, Goiânia-GO | CEP: 74.820-300 | Fone: (62) 3238-2400 | 0800 62-1919
© Copyright 2017. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pelo IPASGO