« Voltar

Ipasgo faz alerta para prevenção do HPV

O HPV, vírus do papiloma humano, é uma infecção sexualmente transmissível, que ataca a mucosa genital, oral ou anal, causando verrugas e lesões que podem progredir para câncer de útero, garganta ou ânus.

 

Existem mais de 200 variações do vírus HPV, 12 desses são considerados pela literatura científica, associados aos cânceres do colo do útero, de pênis, de orofaringe e câncer reto-anal.

 

A transmissão é feita por contato oral-genital ou genital-genital, e em alguns casos, durante o parto. O HPV pode ser sintomático ou assintomático, na presença de qualquer sintoma como verrugas não dolorosas, isoladas ou agrupadas que aparecem nos órgãos genitais, irritação ou coceira no local, é recomendado procurar uma ajuda médica. As lesões podem aparecer no pênis, ânus, vagina, vulva (genitália feminina), colo do útero, boca e garganta.

 

Prevenção

 

Além do uso de preservativo, o Ministério da Saúde oferece uma vacina HPV de baixo risco (tipos 6 e 11, que causam verrugas anogenitais) e de alto risco (tipos 16 e 18, que causam câncer de colo uterino).

 

A população-alvo prioritária da vacina HPV é de meninas na faixa etária de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos, que receberão duas doses (0 e 6 meses) com intervalo de seis meses, e mulheres vivendo com HIV na faixa etária de 9 a 26 anos, receberão três doses (0, 2 e 6 meses).

 

Diagnóstico

 

É importante também realizar exames preventivos (Papanicolau, colposcopia, peniscopia e anuscopia) anualmente em mulheres e homens com a vida sexualmente ativa.



Av. 1ª Radial, nº 586, Setor Pedro Ludovico, Goiânia-GO | CEP: 74.820-300 | Fone: (62) 3238-2400 | 0800 62-1919
© Copyright 2017. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pelo IPASGO