« Voltar

Ipasgo inicia processo para certificar a qualidade dos serviços de saúde

Certificar a qualidade dos serviços de saúde prestados aos usuários do Instituto de Assistência dos Servidores do Estado de Goiás (Ipasgo) é a proposta do Governo de Goiás, que inicia a implantação do programa de Governança do Sistema de Gestão e Desenvolvimento de Credenciados do plano de saúde, que atualmente atende 625 mil pessoas em todo o Estado de Goiás. As medidas integram o plano de ação de melhoria da gestão e metas de transparência previstas no programa de Compliance Público e seguem as orientações da Controladoria Geral do Estado (CGE). 

O presidente do Ipasgo, Silvio Fernandes, explica que o objetivo é construir um processo permanente de avaliação e, assim, melhorar continuamente a prestação dos atendimentos diante das demandas dos usuários. Segundo ele, esse processo culminará na implantação do Selo Ipasgo de Qualidade, seguindo os padrões de acreditação da Organização Nacional de Acreditação (ONA), organização não governamental criada com o  objetivo de promover a implementação de um processo permanente de avaliação e de certificação da qualidade dos serviços de saúde.

Para o desenvolvimento do programa de Governança do Sistema de Gestão e Desenvolvimento de Credenciados, o Ipasgo terá parceria do Instituto Euvaldo Lodi (IEL). Fernandes diz que as novas medidas de modernização visam corrigir falhas nos sistemas de tecnologia e cadastro, que foram detectadas pela gestão e também as apontadas nas investigações da Operação Morfina, que estão em andamento na Polícia Civil do Estado de Goiás. 

"Todo esse processo segue a orientação do governador Ronaldo Caiado, que é para prestarmos um serviço de qualidade e expandir o acesso à saúde para todas as regiões do Estado. A partir de agora, vamos iniciar um novo ciclo com aprimoramento contínuo," diz. Sobre a implantação do programa, ele explica que acontecerá em etapas.  

O primeiro passo, que se inicia imediatamente, é o diagnóstico operacional para identificar as áreas em potenciais que possam interferir nas operações do Ipasgo, será realizado uma reorganização. Neste processo, serão avaliados o banco de credenciados referente ao período dos últimos cinco anos de acordo com as formalidade de documentação exigida pelo instituto. Serão realizadas também as conferências entre os serviços aprovados no credenciamento  e os respectivos serviços cadastrados no sistema do Ipasgo. Segundo Fernandes, a estruturação tem como foco a transparência e a qualificação dos processos de gestão.

Haverá também o mapeamento das estruturas organizacionais e funcionais do Ipasgo, que reorganizará o organograma, relações hierárquicas, linhas de autoridade e responsabilidade e os procedimentos gerais de controle. Além disso, o presidente do órgão diz que todo o processo prevê o entendimento do ambiente tecnológico e do impacto da tecnologia sobre as áreas revisadas.

Após a definição dos factores de risco, serão fortalecidos os controles internos e construída a política de segurança da informação. O próximo passo será o mapeamento da disponibilidade de serviços credenciados em cada região do estado para verificar se há disponibilidade de atendimento por novos credenciados, visando assim  levar os atendimentos para mais cidades. O perfil e evolução da população do plano, como idade, sexo e titularidade, também passarão por análise com foco na expansão dos serviços conforme as necessidades reais dos usuários. 

Haverá também a identificação do nível de gestão dos 184 hospitais credenciados, num total de 51 municípios. Para isso, serão aplicados um diagnóstico para identificação e classificação da situação dos hospitais credenciados ao Ipasgo, sob a ótica da acreditação ONA. Após a coleta dos dados, serão elaborados um plano de desenvolvimento visando a preparação dos hospitais credenciados para o atingimento dos níveis de gestão definidos. Para isso, serão realizados cursos, visitas para apoio à implantação dos requisitos definidos para o Selo Ipasgo de Qualidade. 

Segundo Fernandes, a importância do Programa de Desenvolvimento e Qualificação de Credenciados justifica-se por se tratar de uma entidade que tem como missão promover a assistência prevenção à saúde de seus usuários e busca ser um modelo de referência nacional na gestão de sistemas de saúde.
No caso do Ipasgo, a certificação na área de saúde surge com a intenção de promover a melhoria contínua dos processos hospitalares no Estado de Goiás. "Devido a inúmeros problemas gerados no passado, o Ipasgo se viu diante de uma necessidade em criar alguma ferramenta que fosse capaz de entender os mecanismos e tentar reduzir falhas, com o objetivo de oferecer qualidade no atendimento e criar uma nova estrutura que atenda com profissionalismo os usuários do sistema".

De acordo com o presidente do Ipasgo, são inúmeras as contribuições que podem ser obtidas com tais programas. "A qualidade dos serviços de saúde não é obtida simplesmente com a reunião de um excelente corpo clínico, dependendo também da gestão dos processos administrativos da organização que envolve finanças, logística, procedimentos operacionais e tantas outras áreas comuns a organizações de diferentes setores. A gestão da qualidade na organização de saúde pode sustentar uma mudança de paradigma na forma de administrar, objetivando o alcance e a garantia da excelência".



Av. 1ª Radial, nº 586, Setor Pedro Ludovico, Goiânia-GO | CEP: 74.820-300 | Fone: (62) 3238-2400 | 0800 62-1919
© Copyright 2017. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pelo IPASGO