Pular para o conteúdo
Facebook do Ipasgo   Twitter do Ipasgo   RSS do Ipasgo

Goiânia, GO -

Melhoria no atendimento de pediatria do Ipasgo

O Ipasgo informa que o Hospital Infantil de Campinas  está atendendo urgência e emergência 24 horas, com suporte para UTI pediátrica e cirurgias de emergência. Informamos ainda, que o Hospital possui equipe para cirurgia neurológica.

Usuário do Ipasgo pode solicitar exclusão do plano pelo site

A partir desta terça-feira, dia 05, os usuários do Ipasgo poderão realizar exclusão do plano Ipasgo Saúde pela internet. Esta nova funcionalidade estará disponível no site do Instituto no Portal do Cliente, local onde já é disponível diversos serviços para o usuário como emissão de boletos, consultas financeiras, alteração de plano, solicitação de novo cartão e outros.   Para acessar o novo serviço basta o usuário entrar no Portal de Sistemas Clientes com o número da...

Ipasgo apoia o dia Mundial de Luta Contra Aids

O Ipasgo abraça a campanha mundial de luta contra a Aids, lembrada nesta sexta-feira, dia 01. É mais uma oportundiade para divulgar informações referentes à doença. Além de alertar as pessoas sobre a importância da prevenção, o Instituto tem como objetivo mostrar a necessidade do acolhimento a uma pessoa soropositivo e desconstruir esse preconceito que ainda hoje existe. ...

 
Últimas Notícias

« Voltar

Dia de alerta contra diabetes

14 de novembro é o Dia Mundial do Diabetes, uma data escolhida para conscientização das pessoas sobre essa doença. Entidades e profissionais em todo o mundo aproveitam o momento para mostrar os avanços na pesquisa e os cuidados que devem ser tomados no dia-a-dia para evitar esta doença, que traz vários danos à qualidade de vida dos pacientes.

O diabetes é uma doença crônica, caracterizada pela falta de insulina no corpo ou pela incapacidade dela em exercer corretamente seus efeitos. A insulina é um hormônio responsável pela regulação da glicose (açúcar) em nosso sangue. Sem funcionar corretamente, causa grandes danos.

A cada ano o número de pessoas diagnosticadas com diabetes está aumentando, sendo considerado pela Organização Mundial de Saúde uma epidemia mundial. Um agravante é que se trata de um mal silencioso, que se manifesta somente em momentos de crise.

De acordo com a SBD - Sociedade Brasileira de Diabetes existem mais de 13 milhões de pessoas no Brasil vivendo com a doença, o que representa quase 7% da população.

Uma das armas para a prevenção e tratamento do diabetes é a endocrinologia, que conta com especialistas atendentendo na Unidade de Atendimento Médico Ambulatorial do Ipasgo, no Setor Universitário, em Goiânia. A médica Maria Cecília Santillo, que integra essa equipe, explica que existem dois tipos de diabetes o tipo 1 e o tipo 2 "O diabetes tipo 1 é uma doença autoimune, o próprio organismo reconhece o pâncreas e as células produtoras de insulina como estranhas e começam a destruir essas células." Segundo Maria Cecília, este tipo de diabetes se manifesta geralmente na infância ou adolescência. "Já o tipo 2 é caracterizado pela dificuldade do organismo de responder à insulina e não consegue manter glicose no nível bom", explica ela.

Ainda segunda a médica Maria Cecília, o diabetes tipo 1 pode incidir em qualquer pessoa. Ou seja, não há um grupo com maior risco de incidência. Já o diabetes tipo 2 está ligado a histórico familiar e fatores como pressão alta, colesterol alto, sedentarismo, obesidade, tabagismo, alimentação rica em carboidratos e açúcares, que criam condições mais apropriadas para o surgimento da doença.

"Diferente do diabetes tipo 1, o diabetes tipo 2 já é mais comum na população mais velha, mas atualmente com os hábitos ruins da população, a gente está vendo um aumento do diagnóstico do diabetes tipo 2 também em crianças, adolescentes e adultos jovens", disse Maria Cecília.

Existe também a diabetes gestacional, quando a mulher passa por mudanças no corpo causando um desequilíbrio hormonal, aumentando o nível de glicose no sangue "Toda grávida com histórico familiar de diabetes tipo 2, principalmente, já tem uma maior probabilidade de ter diabetes gestacional", explica Maria Cecília. "O principal risco para o diabetes gestacional é de complicações no parto como nascimento prematuro e sangramentos durante o parto, além do bebê nascer com hipoglicemia ou má formação fetal, quando não controlado no início da gestação", disse ela.

De acordo com a endocrinologista o diabetes em geral não tem muitos sintomas, principalmente o tipo 2 que só aparece sintomas quando a glicose está muito alta. O tipo 1 apresenta alguns sintomas como perda de peso muito rápida, muita sede e aumento do volume urinário.

Além dos exames de rotina, que servem para diagnosticar mais precocemente a doença, é sempre recomendável a adoção de hábitos mais saudáveis. Uma alimentação equilibrada com a ingestão de frutas e verduras e a prática de exercícios físicos são fatores que, sempre, contribuem para uma vida melhor e para a prevenção de doenças.


Credenciamento Pessoa Física - Edital 2017

Regulamento para Credenciamento

Pronto Atendimento Pediátrico

Portal do Agendamento

Agende sua consulta pelo 0800 62 1919

Quimioterapia com ISENÇÃO TOTAL da coparticipação

Desconto na coparticipação em exames de diagnóstico por imagem
                         Vapt Vupt Digital             Ouvidoria Geral do Estado de Goiás            Goiás Transparente            Nota Fiscal Goiânia 

                         SIC - Serviço de Informação ao Cidadão            e-SIC - Serviço Eletrônido de Informação ao Cidadão            e-SIC - Serviço Eletrônido de Informação ao Cidadão

Av. 1ª Radial, nº 586, Setor Pedro Ludovico, Goiânia-GO | CEP: 74.820-300 | Fone: (62) 3238-2400 | 0800 62-1919

© Copyright 2017. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pelo IPASGO

// ]]>